domingo, setembro 30, 2018

Velocidade de Anjo

Não conduza mais rápido do que o seu Anjo da Guarda pode voar.

quarta-feira, setembro 19, 2018

A Maior Solidão


Por Vinicius de Moraes

A maior solidão é a do ser que não ama. A maior solidão é a dor do ser que se ausenta, que se defende, que se fecha, que se recusa a participar da vida humana.

O maior solitário é o que tem medo de amar, o que tem medo de ferir e ferir-se, o ser casto da mulher, do amigo, do povo, do mundo. Esse queima como uma lâmpada triste, cujo reflexo entristece também tudo em torno. Ele é a angústia do mundo que o reflete. Ele é o que se recusa às verdadeiras fontes de emoção, as que são o patrimônio de todos, e, encerrado em seu duro privilégio, semeia pedras do alto de sua fria e desolada torre.



terça-feira, setembro 18, 2018

Novo Olhar*


Poeta: José Ednaldo Rangel*



Quero buscar no cordel
O que podemos mudar
O nosso meio ambiente
Precisa respirar
E a sua conservação
Pede urgente um novo Olhar

Com tanta devastação
O planeta está diferente
Se não entrarmos em ação
Com nossas unhas e dentes
Iremos ter no futuro
Só fumaça e terra quente

A terra já não respira
O oxigênio sumiu
Junto com tanta fumaça
O ar da terra sumiu
E o principal responsável
Olhou e fez que não viu

Só eu e você podemos
Conservar a nossa flora
Nossa fauna está sumindo
Aos pouquinhos indo embora
E nosso olhar entristece
Finge chorar, mas não chora

A terra já não respira
A sua pele esturricou
Com o fogo da ganância
Que o próprio homem criou
Morreu a fauna e a flora
E a cinza o vento levou

Se a gente não acabar
Com as leis da hipocrisia
Não vamos ter no futuro
A beleza que a gente via
Por que sumiu do planeta
Tudo que aqui existia

Ainda existe saída
É só a gente querer
A terra ainda tem vida
Olhando bem podemos ver
Mesmo cheia de ferida
Ela quer sobreviver.

segunda-feira, agosto 20, 2018

Você Merece Um Amor*


*Poema atribuído a Frida Kahlo

Você merece um amor que a ame quando você estiver despenteada, aceitando as razões que a fazem acordar rapidamente, e os medos que não permitem que você durma.
Você merece um amor que faça com que você se sinta segura. Que a ajude a conquistar o mundo ao pegar em sua mão, que sinta que seus abraços se encaixam perfeitamente com sua pele.
Você merece um amor que deseje estar ao seu lado, visitar o paraíso apenas olhando seus olhos, e que nunca fique entediado lendo suas expressões.
Você merece um amor que a ouça cantar, que apoie todas as suas loucuras, que respeita sua liberdade e que a acompanhe em seu voo, que não a deixe cair.

quinta-feira, agosto 16, 2018

Novo Rumo


Levamos nossas vidas como água correndo uma colina abaixo, mais ou menos numa direção, até batermos em algo que nos força a encontrar um novo rumo.

Texto: Arthur Golden

Corações de Algodão

Por Enéas Bispo

Esse mundo é contra-indicado para os corações de algodão., esse mundo exige entregas de chumbo, se jogar sem medo e sem covardias. É preciso se entregar de alma e coração, esquecer as origens.
Esse mundo não foi feito para monocromáticos, é necessários gostar de muitas cores, de muitos ritmos; folk, blues, country, rock…
Se perder… Se achar… Não tremer como varas verdes. Gostar de kiwi, de violino, de livros, mudar de país, viver entre hippies e ciganos romenos. Fugir da cidade grande, escalar, viver nas montanhas…
Andar de carroça, comer todos os pratos, beber todos os copos, recordar mas não morrer o suficiente de saudades.

_"Tá! Veste esse casaco e vamos sair!"

quarta-feira, agosto 15, 2018

No mundo: Homem & Mulher

TODOS OS HOMENS são mentirosos, inconstantes, falsos, hipócritas, orgulhosos, covardes, desprezíveis e sensuais.
TODAS AS MULHERES são pérfidas, artificiais, vaidosas, curiosas e depravadas.
O MUNDO nada mais é que esgoto sem fundo em que as mais informes focas se arrastam e chafurdam em montanhas de lama; há, porém, nesse mundo uma coisa santa e sublime, a união de dois desses seres tão imperfeitos e horrorosos.(Alfred Louis Charles de Musset)

quinta-feira, agosto 02, 2018

Nada é Certo


Por Henry Miller

Ninguém avança pela vida em linha reta. Muitas vezes, não paramos nas estações indicadas no horário.
Por vezes, saímos dos trilhos. 
Por vezes, perdemo-nos, ou levantamos voo e desaparecemos como pó. 
No espaço de alguns minutos, certos indivíduos vivem aquilo que um mortal comum levaria toda a sua vida a viver. Alguns gastam um cem número de vidas no decurso da sua estadia cá em baixo. Alguns crescem como cogumelos, enquanto outros ficam inelutavelmente para trás, atolados no caminho. Aquilo que, momento a momento, se passa na vida de um homem é para sempre insondável. 
É absolutamente impossível que alguém conte a história toda, por muito limitado que seja o fragmento da nossa vida que decidamos tratar. 


sexta-feira, julho 27, 2018

Biotônico Fontoura

No meu tempo de criança o sistema era bruto.
Diz-se que a molecada de hoje tá crescendo mufina pra vida porque não sente mais frustração. Os pais não deixam. Vou te contar como era no meu tempo de criança.
Quando a gente estava se sentindo fraco (e nossos pais sempre nos viam assim!), mamãe comprava logo um frasco de Biotônico Fontoura. Até hoje me lembro do gosto ferroso! Uma propaganda antiga desse remédio apresentava um leão quebrando uma jaula e perseguindo um pobre coitado, com os seguintes dizeres: “Biotônico Fontoura: dá fome de leão!”. Era indicado para anemia, neurastenia, debilidade e tuberculose. Prometia, também, o levantamento geral das forças, desaparecimento do nervosismo, eliminação da depressão nervosa. Vinha escrito na embalagem: “Regenera o sangue, tonifica os músculos, fortalece os nervos”. Alguns coleguinhas gostavam de beber Biotônico Fontoura porque tinha álcool. Diz-se que um pegou até um porre de Biotônico Fontoura! Depois disso a mãe dele escondeu o frasco. Naquela época as crianças não prestavam!
Quando mamãe não se dava por satisfeita com o poder do Biotônico fazia a famosa e temida mistura: Biotônico com Emulsão de Scott e mastruz com leite! Tinha gente que já tava morta, mas revivia só de sentir o cheiro daquilo!
Emulsao de Scott era uma prova de que Satanás existe! Era feito à base de óleo de fígado de bacalhau. Uma propaganda dizia: “não haveria crianças débeis se todas tomassem Emulsão de Scott”. Era uma ameaça! Ninguém que sobreviveu à Emulsão de Scott esquece aquele rótulo com um pescador carregando um imenso bacalhau nas costas! Era o famoso “Tônico das gerações”! Algumas propagandas tinham a audácia de mentir: “Protetor da infância, agradável ao paladar”. Mas, quando?! Era indicado para pessoas pálidas. 
O moleque era obrigado a tomar uma talagada dessa mistura mortal em jejum, antes do café da manhã! Diz’que limpava os intestinos. Emulsão de Scott era tipo peixe cru com raiz! As mães mais perversas misturavam com Calcigenol Irradiado! Nem parecia que elas amavam a gente, mas amavam! Não conheço um imundície que diga que gostava de Emulsão de Scott! Agora, tem gente que diz que tomou tanto isso que até hoje a fome não passou! E tem aqueles que se viciaram tanto que até hoje tomam. Ah! Tinha também o fortificante Combiron! Naquele tempo as mães morriam de medo da gente ficar intanguido!
A gente tinha pavor de ficar com a garganta inflamada, o que não era difícil, pois vivíamos na rua, pegando sol e sereno. Nessas horas vovó aparecia com sua especialidade sádica: "embrocação na garganta"! Vovó misturava mel, andiroba, copaíba, alho e lavagem de água morna num chumaço de algodão. Aí enrolava no dedo e enfiava na garganta da gente girando aquilo para todos os lados como se estivesse puxando o demônio para fora! O dedo entrava fundo que parecia uma vara! A gente ficava com os olhinhos revirando, a lágrima escorrendo e, ai de quem reclamasse! “Deixa de ser frouxo!”
Vez ou outra passavam uns homens de uniforme amarelado com as pistolas de vacinação contra varíola, sarampo, tétano, que faziam toda a molecada se esconder no mato ou debaixo da cama! Era uma pistola sem agulha, mas a dor que causava era de fazer o cabôco tremer! Com o tiro, o líquido penetrava no couro a ponto de cutucar a alma do desgraçado! Outro terror da molecada era o “Fura Dedo”! Bastava alguém gritar “lá vem o Fura Dedo!” e por alguns minutos parecia que não existia mais criança no mundo! O Fura Dedo andava de casa em casa fazendo o teste da filariose, furando o dedo mindin das crianças! Diziam que quem não furasse o dedo ia ficar com uma perna grande e a outra pequena! Às vezes, Satanás passa dos limites!

Texto: Márcio Couto

quarta-feira, julho 25, 2018

Quietude Espiritual

A única maneira de ganhar poder em um mundo que está se movendo rápido demais é aprender a desacelerar. E a única maneira de espalhar a influência é grande para aprender a ir fundo. O mundo que queremos para nós mesmos e nossos filhos não emergirá da velocidade eletrônica, mas sim de uma quietude espiritual que se enraíza em nossas almas. Então, e somente então, criaremos um mundo que reflita o coração em vez de destruí-lo

quinta-feira, junho 16, 2016

Casa Velha



Não importa que a tenham demolido: A gente continua morando na velha casa em que nasceu.(Mario Quintana - Poeta Gaúcho)

Photo by Enéas Bispo

terça-feira, dezembro 15, 2015

Miss Eco Paraíba 2015 - BodyBeautiful

Aconteceu no final de semana passado em Campina Grande Paraíba, a final do concurso de Beleza Miss Eco Paraíba 2015.
A sumeense Valdecia Gonçalves sagrou-se campeã como o mais belo corpo.
Nas redes sociais Valdecia agradeceu o apoio dos familiares, amigos e da população.

segunda-feira, dezembro 14, 2015

Seguindo...

Sigo por aí sem rumo certo, com as minhas botas de couro rústico porem macio. A minha sempre querida Nikon está presente acompanhando o meu olho e gravando o que quero guardar, mostrar.

sábado, dezembro 12, 2015

VIP Collection - Gilza/Serra Branca-PB

E foi no passado dia 5 de Dezembro o mega evento fashion da Gilza-Serra Branca/PB. O glamour estava solto com a presença da super mega híper blogueira de moda Rafaela Galvão e o seu namorado, o vocalista de Os Gonzagas, Felipe Alcântara. A equipe Gilza estava radiante e eu claro também estava lá registrando tudo com a minha câmera.

quarta-feira, dezembro 02, 2015